Pagine

domingo, 26 de novembro de 2017

Amanhecendo na Querência - Nilson de Assis

Para baixar essa música, clique aqui.
 


Como é lindo viver nesse meu Rio Grande,
As 4 da manhã quando se aproxima
O galo no terreiro bate asa e canta
Parece que a garganta quer brincar com a rima
A 5 da manhã o capataz levanta,
Faz um fogo de chão e põe pra esquentar
A velha chaleira preta que herdou do patrão
Fica quietinha no gancho prontinha pra chiar..

Em cima dessa terra onde reina a paz

A gente agradece a Deus do céu azul
Assim é o gaúcho que nasceu feliz
Nesse berço de ouro, Rio Grande do Sul.

O seu dia começa dentro do galpão
O cavalo alazão pronto pra encilhar
Dentro da estrevaria estacava o canto
Parece convidando para camperiar
Em roda do galpão as vacas leiteiras
A Pintada, a Bragada e a vaca Brasina
Prontas pra tirar leite ficam já berrando
Parece tão tentando acordar a china.

Em cima dessa terra onde reina a paz
A gente agradece a Deus do céu azul
Assim é o gaúcho que nasceu feliz
Nesse berço de ouro, Rio Grande do Sul.

Cheiro de campo e de grota da minha campanha
Tem uma artimanha que é de admirar
Quem não conhece a terra fica já pensando
Largar sua querência e vim aqui morar
Até a própria lua fica mais bonita
Este povo acredita e minha alma puxa
Meu Deus muito obrigado por tu ter deixado
Eu nascer e ser criado na terra gaúcha.

Em cima dessa terra onde reina a paz
A gente agradece a Deus do céu azul
Assim é o gaúcho que nasceu feliz
Nesse berço de ouro, Rio Grande do Sul.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

.